terça-feira, 23 de setembro de 2008

Crise? Qual crise?

Muito se tem ouvido falar da necessidade de fazer sacrificios pelo bem do País. Tudo em nome do futuro risonho, que os nossos governantes prometem, mas ninguém vislumbra.
Nesse peditório de sacrificio e contenção, um dos mais ouvidos é Manuel Pinho. Hoje, este ministro quis mostrar à imprensa nacional e internacional o projecto de captação de energia das ondas. E ninguém diria que estamos em crise. Fragata da Marinha para transportar imprensa e convidados até ao alto-mar, helicóptero para que alguns tivessem uma vista "superior" dos acontecimentos, lancha rápida a fazer habilidades (qual tunning maritimo!), almoço, e um sem fim de dinheiro público esbanjado para promover o governo. Ficam as fotos. E ficam os aparelhos para aproveitar a energia das ondas, que são bem mais úteis que este nosso governo. Se ao menos "alguém" tivesse caido ao mar...














Fotos : Patologista



2 comentários:

maria_arvore disse...

É preciso, pá, navegar, navegar... para fora desta águas turvas. ;)

patologista disse...

Navegar para muito longe, mesmo.