quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Rio acima

Subi e desci encostas sem fim. Cheguei a casa, já de noite, coberto de pó e suor e completamente exausto.



Mas de alma cheia!

E ainda há quem não saiba o porquê de o Douro ser Património da Humanidade...






Fotos: Patologista

4 comentários:

Rubia disse...

nao conheço ninguem q nao saiba...

loira suicida disse...

Sessão de apresentação do meu livro no Festival do Amor, em Beja, este Sábado, no teatro Pax Julia, pelas 18h.
Vai haver coboiada!
Vou estar no período fértil!

Compareçam, se não mato-me!

Catarina disse...

Sem tirar oo protagonismo à segunda foto, a primeira parece um Escher.... muito impressionante o jogo do perspectiva.

patologista disse...

Oh Catarina, isso é um verdadeiro elogio. Muchas gracias!